A.·. A.·.
Menu » Estudante » Libri » Introdução a Thelema » 11 Perguntas
A+-
Estudante

 

INTRODUÇÃO À THELEMA

 

1 - O que é Thelema?

2 - Quem foi Aleister Crowley?

3O que é Magick?

4O que é A.·. A.·. ?

5O que é Ordo Templi Orientis (O.T.O.) ?

6 O que significa 93?

7 Thelema é satanismo e bruxaria?

8 Existe alguma relação entre Thelema, Rosacruz e Maçonaria?

9Quem foi Marcelo Motta?

10Qual a relação de Raul Seixas com Thelema?

11 Literatura sugerida para os que querem conhecer Thelema.

 

 

1 - A denominação de um conjunto de preceitos morais e místicos recebidos por um inglês chamado Aleister Crowley no início do sec. XX. Significa "vontade" em grego e está contida em uma série de escritos denominada Liber AL vel Legis ou o Livro da Lei. Serviu de alicerce para o desenvolvimento de uma obra de cunho ocultista contendo tanto sistemas de desenvolvimento espiritual quanto tratados de magia das mais variadas fontes, ocidentais e orientais. Diversos grupos se propõe a trabalhar com esses conceitos porém muitas pessoas seguem um caminho solitário.

Pronuncia-se na língua inglesa, "telíma".

Ver Thelema e Liber AL.

^

 

2 - Aleister Crowley, Besta 666 como se chamava, foi um ocultista e escritor inglês de má fama sendo considerado uma das maiores personalidades do sec.XX. Dedicou toda a sua vida a auxiliar a humanidade no auto-desenvolvimento, produzindo uma literatura ímpar na história da magia, tanto pelo volume quanto pela coerência. Faleceu em 1947.

Ver To Mega Therion.

^

 

3 – Segundo Crowley: "Magick é a Ciência e a Arte de causar mudanças de acordo com a Vontade."

O termo Magick foi cunhado por ele para diferenciar o seu sistema iniciático dos espetáculos circenses. Em inglês não existem palavras distintas como no português: Magia e Mágica.

Ver Magick.

^

 

4 – Ordem dedicada e evolução espiritual que utiliza a Lei de Thelema em seu conjunto de ferramentas. Fundada por George Cecil Jones e Aleister Crowley em 1907. A.·. A.·. também é o nome de um estado de consciência elevadíssimo.

Ver A.·. A.·. .

^

 

5 – Ordem que adotou os princípios da Lei de Thelema via o comando de Aleister Crowley. Possui uma história muito confusa tendo várias ramificações e linhas de trabalho. Era focada em magia sexual , aquela do ponto de vista ocidental, mais especificamente, da época vitoriana por alguns maçons. É considerada uma maçonaria espúria.

Ver Ordo Templi Orientis

^

 

6– A resultante da soma das letras da palavra Thelema (Vontade em grego), sendo o número que representa a obra de Crowley. 9+3 = 12 a Carta do Homem Pendurado, o mergulho no inconsciente. E 1+2 = 3, a Carta da Imperatriz, um dos arquétipos do Amor ou Agape, palavra grega cuja soma resulta também em 93. Assim, Thelema=Agape (Vontade=Amor).

É usado como saudação entre thelemitas substituindo o axioma "Do what thou wilt shall be the whole of the Law" - "Love is the law, love under will" (algo como "Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei" e sua réplica "Amor é a lei, amor sob vontade") reduzindo aos termos principais "will" e "love love / will": 93 e 93 93/93.

Ver Tarô e Apêndice.

^

 

7– Não. São três coisas diferentes:

No meio ocultista, Satanismo é o nome de um sistema desenvolvido por Anton Lavey, baseado em alguns textos de Crowley. De modo geral pregam a mesma coisa: a liberdade e independência do ser humano.

Os satanistas valem-se da crítica a figura de Jesus Cristo bem como da instituição chamada Igreja Católica Apostólica Romana e as variações Protestantes.

Thelema se opõe ao chamado Cristismo, a visão deturpada e piegas do mito de Jesus, O Cristo perpetuada pela Igreja de Roma e outras "cristãs". Os satanistas acabam auxiliando os crististas por reforçarem a simbologia deturpada de satã dando munição ao trabalho deles, pois o diabo é o grande fetiche e razão de ser desses grupos, principalmente os neopentecostais - de grande presença no Brasil.

Na cultura popular, satanismo é adoração da figura do Diabo católico romano, princípio um tanto oposto ao thelêmico, onde um dos alforismos é "Não há deus senão o homem".

Bruxaria (Witchcraft) é o nome pelo qual é conhecido um conjunto de práticas religiosas/mágicas primitivas européias, vulgo pagãs. Existe uma versão modernizada desses cultos chamada Wicca, desenvolvida por Gerald Brosseau Gardner, o qual manteve estreito contato com Crowley.

O thelemita não se opõe a estudar qualquer sistema de magia e utilizar para seus próprios fins. Essa separação teve caráter estritamente didático.

Ver Liber OZ , Glossário e Bibliografia.

^

 

8– Sim, o segundo é um princípio comum entre os restantes.

O Rosacrucianismo é um movimento místico alemão de extrema importância no ocidente. Iniciou-se por volta de 1614 com a publicação de um texto alemão chamado "Fama Fraternitatis, dess Löblichen Ordens des Rosnkreutzes" (A Declaração da Digna Ordem da Rosa-Cruz) contando a história de uma ordem fundada por um certo Christian Rosenkreuz. A lenda espalhou-se pela europa, influenciando todo o movimento mísitco de sec. XIX, tendo seus princípios incorporados pela Maçonaria e a Golden Dawn, ordem ocultista responsável pelos fundamentos iniciáticos de Aleister Crowley.

Ver Glossário e Golden Dawn.

^

 

9– Um ocultista brasileiro, cineasta e entusiasta thelêmico que espalhou e solidificou Thelema no nosso país e, entre outras coisas, trouxe a A.·. A.·. e a Ordo Templi Orientis Compôs algumas músicas com Raul Seixas. Faleceu em 1987.

Ver Adjuvo.

^

 

10– Foi atraído a órbita thelêmica na década de 70 junto com Paulo Coelho. Ao contrário deste último, não enveredou pelo caminho iniciático atendo mais a parte moral de Thelema..

Compôs várias músicas de cunho thelêmico como "Sociedade Alternativa" algumas com um iniciado em Thelema chamado Marcelo Motta..

Ver Glossário e Frater Thor.

^

 

11 Thelema possui uma quantidade muito grande de textos. Faço aqui uma sugestão em cima de uma divisão pessoal com fins didáticos. Os primeiros tratam-se da apresentação da Lei e explicações sobre a mesma. O restante, de dificil compreensão, estão ligados ao processo iniciático utilziado na Santa Ordem.

Introdutórios ao pensamento thelêmico

1° - Liber AL vel Legis, O Livro da Lei - a Lei de Thelema. A base de toda obra de To Mega Therion 666.

2 ° - Liber OZ - a carta dos direitos humanos com base na Lei de Thelema;

3 ° - A Mensagem de Mestre Therion - uma rápida explicação do que è Thelema;

4 ° - O Dever - explica os deveres para consigo, outros individuos, humanidade e para com todos outros seres e coisas;

5° - De Legi Libellum - uma explicação adicional do Livro da Lei, com referência aos Poderes e Privilégios concedidos à todos aqieles que o aceitam. A Lei da Liberdade, Amor, Vida e Luz;

6° - O Livro do Equilíbrio - Um curso básico de moralidade ao homem comum focando naqueles que buscam a Iniciação;

7° - Magick - uma soberba explicação do que significa verdadeiramente magia.

Introdutórios à Iniciação Espiritual

1° - Liber AL vel Legis, O Livro da Lei

2 ° - Liber 7 - As palavras de nascimento de um Magister Templi. São 7 capítulos que se referem aos 7 planetas na seguinte ordem: Marte, Saturno, Jupiter, Sol, Mercurio, Lua, Vênus;

3 ° - Liber 65 - O Livro do Coração Cingido com a Serpente. Um relato das relações do Aspirante com seu Sagrado Anjo Guardião com base nos 5 elementos;

4 ° - Liber 418 - A Visão e a Voz. Viagens a planos adjacentes onde Therion descobre mais do evento que iniciou, o Aeon de Hórus.

Para os que objetivam conhecer apenas a A.·. A.·.

Consultar os libri: 185, 13, 11 e Uma Estrela à Vista.

 

Ver Libri.

^

 

topo