A.·. A.·.
Menu » Estudante » Libri » Liber 813
A+-
Estudante

Liber DCCCXIII vel ARARITA

Selo da A.·.A.·.

A.·.A.·.

Publicação em Classe A

Imprimatur: N. Fra. A. · . A. · .

 

 

I

ALEPH

 

0. Ó meu Deus! Um é Teu Inicio! Um é Teu Espirito Tua Permutação é Una!

1. Deixe me louvar Tuas perfeições ante os homens.

2. Na Imagem da Estrela de Seis Raios que flameja atraves da Cripta inane, deixe me re-velar (1) Tuas perfeições.

3. Tu apareceste a mim como um Deus ancião, um Deus venerável, o Senhor do Tempo, conduzindo uma afiada foice.

4. Tu apareceste a mim como um Deus vivaz e bendito, cheio de Majestade, um Rei, um Pai em sua aurora. Tu carregaste o cetro do Universo, coroado com a Roda do Espiríto.

5. Tu aparecestes a mim com a espada e a lança, um Deus guerreiro em armadura flamejante entre Teus cavalairos.

6. Tu apareceste a mim como um Deus jovem e radiante, um Deus de música e beleza, até mesmo como um jovem deus em sua força, tocando sua lira.

7. Tu apareceste a mim como a espuma branca do Oceano formando um braço mais branco do que a espuma, os braços de milagre das mulheres, quão uma deusa de amor extremo, com uma cinta de ouro.

8. Tu apareceste a mim como um travesso e gracioso jovem, com Teu globo alado e suas serpentes juntas sobre um bastão.

9. Tu apareceste a mim como uma caçadora entre Teus cães, uma deusa casta e virginal, quão a lua entre os destoados carvalhos do bosque do tempo.

10. Mas eu não fui ludibriado por nenhum deles. Todos estes eu arremessei ao lado: Fora! Daquilo tudo , isto desentoava de minha visão.

11. Além disso, eu juntei a Estrela Flamejante e a Estrela de Seis Raios na forja de minha alma e observei! uma nova estrela 418 que esta sobre todas estas.

12. Ainda assim, não fui ludibriado pela coroa de doze raios.

13. E estes doze raios são um.

 

 

II

RESH

 

0. Agora então eu vi estas coisas opostas e más, e elas não eram, mesmo como Tu Não és.

1. Eu vi as cabeças gêmeas que lutavam uma contra a outra, então todos os seus pensamentos são uma confusão. Eu vi a Ti nisto.

2. Eu vi a sabedoria da escuridão, como chimpanzes emitindo sons inarticulados vis e sem sentido. Eu vi a Ti nisto

3. Eu vi as mães devoradoras do Inferno, que comiam suas crianças -- Ó sim aquelas que estão sem entendimento! Eu vi a Ti nisto.

4. Eu vi o impiedoso e o destronado como harpias dilacerando sua comida podre. Eu vi a Ti nisto.

5. Eu vi os incandescentes, gigantes como vulcões arrotando o vomito negro de fogo e fumaça em sua fúria. Eu vi a Ti nisto.

6. Eu vi o insiginificante, o briguento, o egoista, --- eles eram como os homens, Ó Senhor, eles até igualam-se aos homens. Eu vi a Ti nisto.

7. Eu vi os corvos da morte, que voavam com gritos roucos sobre a terra putrefada. Eu vi a Ti nisto.

8. Eu vi espíritos repousando como sapos sobre a terra, e sobre a água, e sobre os traiçoeiros metais que roem lentamente todas as coisas inabitáveis. Eu vi aTi nisto.

9. Eu vi os obscenos, procriadores (2) unidos no abismo da putrefação, que corroíam a as línguas uns dos outros pela dor. Eu vi a Ti neles.

10. Eu vi a Mulher. Ó meu Deus, eu observei a imagem dela, exatamente como uma forma amável que ocultasse um macaco preto, exatamente como uma figura desenhada com sua mãos de pequenas imagens de homens caindo no inferno. Eu a vi da cabeça ao umbigo uma mulher, do umbigo aos seus pés um homem. Eu vi a Ti até mesmo nela.

11. Para mim era a palavra-chave para o Restrito Palácio 418 e minhas as redeas da Carruagem das Esfinges, preta e branca. Mas eu não fui ludibriado por nenhuma dessas coisas.

12. Pois eu a expandi por minha sutileza numa Coroa de Doze Raios.

13. E estes doze raios eram Um.

 

 

III

ALEPH

 

0. Disse tu que O Deus é um, Deus é o Um Eterno; não teve Ele qualquer Semelhante, ou qualquer Filho, ou qualquer Companhia. Nada deverá se por ante Sua face.

1. Mesmo que por quinhentas e onze vezes tenha anoitecido por 1 e 40 dias eu gritei em voz alta ao Senhor a afirmação de Sua Unidade.

2. Tambem glorifiquei Sua sabedoria, pela qual Ele fez os mundos.

3. Sim, eu Lhe glorifiquei por Sua inteligível essência, pelo qual o universo tornou-se luz.

4. Eu Lhe agradeci por Seus varios perdões; adorei Sua magnificiência e majestade.

5. Eu tremi diante Seu poder.

6. Eu me deliciei na Harmonia e Beleza de Sua Essência.

7. Em Sua Vitória eu persigui Seus inimigos; sim eu os dirigi precipício a baixo; eu esbravejei atrás deles no mais distante abismo; sim, naquele lugar eu compartihei da gloria do meu Senhor.

8. Seu Esplendor brilhou sobre mim; eu adorei Seu adorável esplendor.

9. Eu descansei, admirando a Estabilidade Dele, como o tremor de Seu Universo, a dissolução de todas as coisas, não deveria mover-Lhe.

10. Sim, em verdade, eu o Senhor Vice-regente de Seu Reino, eu, Adonai, que fala ao meu servo V.V.V.V.V. fiz as regras e governo em Seu lugar.

11. Além disso eu formulei a palavra de duplo poder na Voz do Mestre, comparada à palavra 418.

12. E todas essas coisas não me ludibriaram, pois eu os expandi por minha sutileza numa Coroa de Doze Raios.

13. E estes doze raios eram Um.

 

IV

RESH

 

0. Também a pequena criança, o amante de Adonai, inalterável V.V.V.V.V., refletindo a glória de Adonai, elevou sua voz e disse:

1. Glórias para Deus, e damos Graças a Deus! Há um Um Deus solitário, e Deus está superando em grandeza. Ele esta a nossa volta, e não há força a salvo Nele o exaltado, e grande.

2. Assim V.V.V.V.V. tornou-se louco, e foi despido.

3. E todas estas coisas fugiram, pois ele as entendeu por completo, que eles eram nada mais que velhos farrapos diante da Perfeição Divina.

4. Ele também apiedou-se de todos, que eles não eram mais que reflexos distorcidos.

5. Ele tambem os comoveu, para que eles não levassem as regras sobre os justos.

6. Então ele os harmonizou em uma pintura, linda para ser admirada.

7. E tendo assim nos conquistado, houve um certo glamour de santidade até mesmo na esfera vazia de brilho externo.

8. Então tudo aquilo se tornou explendido.

9. E tendo se mantido imutável em ordem e disposição,

10. Ele proclamou a perfeição, a noiva, o deleite de Deus em Sua criação.

11. Mesmo que embora ele trabalhará assim, ele experimentou seu trabalho atraves da Estrela 418.

12. E isso não o ludibriou, pois por sua sutileza ele o expandiu toda em uma Coroa de Doze Raios.

13. E estes doze raios eram Um.

 

V

YOD

 

0. No lugar da cruz o ponto indivisível no qual não há pontos nem partes nem magnitude. Nem há realmente posição, estando além do espaço. Nem tem existência em tempo, pois está além do Tempo. Nem tem causa ou efeito, compreendendo que seu Universo é infinito de qualquer maneira, e não toma parte dessas nossos concepções.

1. Então escreveu oumh o Adeptus Exemptus, e a garagalhada do Mestre do Templo não lhe envergonhou.

2. Nem ele se envergonhera, ouvindo as risadas dos cãezinhos do inferno.

3. Pois ele permaneceu em seu lugar, e sua falsidade era verdade em seu lugar.

4. Os cãezinhos não podem corrigí-lo, pois eles nada podem além de latir.

5. Os mestres não podem corrigí-lo, porém eles dizem: Venha e veja.

6. E eu vim e vi, até mesmo eu, Perdurabo, o Philosophus do Colégio Externo.

7. Sim, até mesmo eu o homem contemplou esta maravilha.

8. E eu não poderia liberar isto em mim mesmo.

9. Aquilo que me estabeleceu está invisível e imcompreensível em sua essência.

10. Somente aqueles O conhecem podem ser conhecidos

11. Pois eles têm o gênio da poderosa espada 418.

12. E eles não foram ludibriados por nenhuma destas coisas; pois por sua sutileza eles expandiram tudo nos Doze Raios da Coroa.

13. E estes doze raios são Um.

 

VI

TAW

 

0. No fundo mais profundo, no lodo das coisas!
Pai e pai (3) na eterna Expansão do Abismo.

1. A grandiosa deusa que curvou-se sobre o Universo é minha amante; eu sou o globo alado em seu coração.

2. Eu me contraio sempre como ela sempre se dilata.

3. No final tudo isto é um.

4. Nosso amor trouxe ao nascimento o Pai e Criador de todas as coisas.

5. Ele estabeleceu os elementos; o éter, o ar, a água, a terra e o fogo.

6. Ele estabeleceu as estrelas que vaguam no céu em seus cursos.

7. Ele lavrou com sete estrelas de sua Arado, aquelas Sete poderosas que se movem de fato, ainda que sempre apontem para o Imutável .

8. Ele estabeleceu os Oito Cinturões, com os quais ele cerceou os globos.

9. Ele estabeleceu a Trindade dass Tríades em todas as coisas. forçando fogo no fogo, e ordenando todas as coisas no Domicílio Estável dos Reis do Egito.

10. Ele estabeleceu Sua ordem em Seu reino.

11. E també o Pai curvou-seante o Poder da Estrela 418 e assim.

12. Em sua sutileza Ele expandiu tudo nos doze raios da Coroa.

13. E estes doze raios são Um.

 

VII

ALEPH

 

0. Então no poder do Leão eu formulei para mim mesmo aquele sagrado e disforme fogo (4) , que lança e brilha através da profundezas do Universo

1. Ao toque do Qadosh (5) de Fogo a terra dissolveu-se num licuor clara como água.

2. Ao toque do Qadosh de Fogo a água evaporou-se num ar transparente .

3. Ao toque do Qadosh de Fogo o ar incinerou-se e tornouse Fogo.

4. Ao toque do Qadosh de Fogo, Ó Senhor, o Fogo dissipou-se no Espaço.

5. Ao toque do Qadosh de Fogo, Ó Senhor, o Espaço separou-se em Profundidade da Mente.

6. Ao toque do Qadosh de Fogo a Mente do Pai foi quebrada no no esplendor de nosso Senhor o Sol.

7. Ao toque do Qadosh de Fogo o Esplendor de nosso Senhor foi absorvido no Nada de nossa Senhora do Corpo de Leite das Estrelas. (6)

8. Então somente o Qadosh de Fogo foi extinguido, quando o Entrante foi dirigido de volta a limiar,

9. E o Senhor do Silêncio estava estabelecido sobre a flor de Lotus.

10. Então estava completas tudo aquilos que era para ser completo.

11. E Tudo e Um e Nada estavam mortos na matança do Guerreiro 418,

12. Na matança da sutileza que expandiu todas as coisas em Doze Raios da Coroa,

13. Ele regressou ao Um, e além do Um, mesmo diante da visão do Louco (7) em sua loucura que cantava a palavra Ararita e além da Palavra e o Tolo; sim, além da Palavra e o Louco.

 

Notas do tradutor:

(1) “Re-velar” do inglês “Re-veil”, no sentido de ocultar novamente, tal como em refazer, recriar, reestabelecer etc

(2) “bull-men”?

(3) “Father and Father” pode ser “Futher and Futher” e a tradução seria “Mais e Mais

(4) Em hebraico, lê-se da direita para esquerda: Qof-Dalet-Shin (‘Qdsh')

(5) Em hebraico e significa “Cavaleiro”.

(6) Via Láctea

(7) Fool, o arcano.

 

***

Traduzido em Fev/2006 por Frater Nun

Revisão em Julho/2006 Frater ABO

topo